quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Dúvidas...

Ontem recebi uma senhora proposta... Na verdade uma sugestão.
Um dos melhores colégios construtivistas de Curitiba está procurando professores. E uma mãe de coleguinha da Dani sugeriu que eu enviasse por ela meu cu
rrículo, pois ela acha que eu tenho o perfil para o cargo. Então pensei "Hum... Unir o útil ao agradável! Preciso de dinheiro e a escola é fantástica!". Porém...

... Estou com medo de mandar meu currículo, ser chamada e entrar no desespero que já entrei uma vez: O que fazer com a Alice? Juro, chego a chorar só de p
ensar em passar 4 horas do dia longe dela. Só de pensar em ordenhar leite dia e noite para não dar complemento. Só de pensar em todo sofrimento que pass
ei com a Dani... Por dinheiro!

Sei lá... Mesmo não tendo contado para ninguém, me sinto pressionada a ir atrás dessa oportunidade. E sei que se não for, as cobranças virão como bombas atômicas na minha cabeça. Porque ninguém está preocupado com o bem estar da minha pequena. Apenas com a mãe desempregada. E juro, escuto cada coisa de deixar qualquer lactante de cabelos em pé!
A falta de apoio é um agravante! Essa dependência financeira junto com minha instabilidade emocional e com a insegurança que tenho sentido me fazem ter vontade de correr e implorar pela vaga. Mas meu coração de mãe me diz que não é hor
a. Que posso aguentar mais uns meses essa situação temporária e esperar por outras oportunidades.
Não estou preparada para me afastar das meninas novamente. Sei que vou me arrepender de todas as conseqüências que essa escolha trará para a minha bebê. Mas... A pressão... Acho que por isso não contei a ninguém, para não me sentir mais pressionada!


Mãenifesto
Manifestamos pelo direito de amamentar a cria, sem ser pressionada por profissionais da saúde mal formados ou parentes bem intencionados, a substituir por mamadeira, o alimento que só o seu peito pode dar.
Assine!!!
http://www.grupocria.com.br/

3 comentários:

  1. Oi Lu... espero que consigas decidir o melhor pra vc e pras meninas... e que sejas feliz em qualquer que seja sua decisão.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Lu, como te entendo, só eu sei o quanto foi mortalmente difícil parar, mas eu parei... e hj quando penso em voltar em fevereiro que a Mariana estará com 5 meses, ainda assim me apavora. Sei que isso depende da situação de cada um, mas um conselho... manda seu currículum, e vai que não é prá já? Se te chamarem vc avalia, não sofra por antecipação amiga. Passa lá no blog que tem fotos da Mariana, telinkei no blogroll. Beijos e bom feriado.

    ResponderExcluir